Registro de especialização - auxiliares e técnicos de Enfermagem

Registro de Especialização - Auxiliares e Técnicos de Enfermagem

É IMPRESCINDÍVEL A APRESENTAÇÃO DO ORIGINAL E CÓPIA SIMPLES DE TODOS OS DOCUMENTOS ABAIXO RELACIONADOS:

  • Certificado - de conclusão do curso de especialização, mencionando o título a que faz juz e com registro do sistema educacional como explicado a seguir:
  1. Nos certificados emitidos no estado de São Paulo, deve constar o número da Gestão Dinâmica da Administração Escolar (GDAE) ou referente publicação no Diário Oficial do Estado - DOE (até o ano de 2001) ou cadastro no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - MEC – SISTEC (neste último caso conforme item III e IV abaixo), apostilados (anotados) pela instituição de ensino.
  2. Os certificados emitidos em outros estados devem observar às disposições III e IV abaixo:
  3. Cursos iniciados a partir de 01 de janeiro de 2013 (Auxiliar) ou 02 de janeiro de 2009 (Técnico) devem estar cadastrados no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - MEC – SISTEC (Res. CNE nº 03/2009 e nº 06/2012).
  4. Cursos iniciados a partir de 01 de janeiro de 2013, além de estarem cadastrados no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação - MEC – SISTEC (Res. CNE nº 03/2009) devem ter o código de autenticação do MEC – SISTEC apostilado (anotado) no certificado pela instituição de ensino (Res. CNE nº 06/2012).
  • Histórico Escolar - do curso de especialização (poderá estar no verso do certificado);
  • RG - Registro Geral - documento preferencial para identificação.

Na impossibilidade de apresentar o RG (Registro Geral) será analisado documento substitutivo válido (ver data de validade impressa no documento).

Documentos substitutivos sujeitos à análise: Carteira Nacional de Habilitação; Passaporte, Carteira de Identidade Militar; Carteira de Identidade de Órgãos de Fiscalização Profissional.

  • RNE - Registro Nacional de Estrangeiro, para profissionais estrangeiros residentes no Brasil;
  • CPF - Cadastro de Pessoa Física (caso o número não conste no RG); 
  • Certidão de Nascimento ou Casamento - com averbação quando houver (de separação, divórcio, óbito, etc.);
  • Comprovante de Residência - com CEP e data de emissão recente (1 (um) comprovante emitido no período dos últimos 6 meses e não é necessário o comprovante estar no nome do profissional);

               ATENÇÃO: não serão aceitos protocolos de solicitação de documentos, protocolos de segunda via de documentos e documentos de identidade com validade expirada.

  • Prazos:
    • Ativação do número de registro no site do COREN-SP:

De 15 (quinze) até 30 (trinta) dias da data de solicitação do registro.

É opcional ao profissional solicitar a emissão da carteira de identidade profissional de Especialista de Nível Médio

  • Carteira de Identidade Profissional de Especialista de Nível Médio - Opcional
  • Foto 3x4 –
    • Sede (Alameda Ribeirão Preto, 82 – Bela Vista – São Paulo - SP) e subseções Campinas, Santo André, Guarulhos e Osasco e NAPE Santo Amaro: não é necessário a apresentação de foto (informações clique aqui).
    • Demais unidades: uma foto colorida, recente, com fundo branco e sem uso anterior (anotar nome completo no verso). A foto deve estar de acordo com as especificações descritas no site do COREN-SP no menu opção Documentos – Qualidade Fotográfica (clique aqui).
  • Envio da Carteira de Identidade Profissional do COREN-SP pelos Correios (AR):
    • Até 30 (trinta) dias da data de solicitação do registro.

  • Retirada da Carteira de Identidade Profissional do COREN-SP (caso o profissional não opte pelo envio da carteira pelos Correios):
    • Após 30 (trinta) dias da data de solicitação do registro.

  • Valor da taxa para emissão da carteira de especialista: R$ 115,01 (válida para 2017)
  • Valor da taxa de Correios (AR) para envio da carteira (opcional): R$ 11,85 (valor da taxa administrado pelos Correios).
  • O pagamento das taxas pode ser feito em agências bancárias, casas lotéricas, caixas eletrônicos ou por net banking (internet).

 

“Com a ativação do número de inscrição estará disponível no site do COREN-SP a Certidão de Especialização Nível Médio, documento oficial hábil para comprovar o registro da especialização.”

 

Orientações Complementares

  • Para o registro é necessário que o profissional tenha inscrição ativa no COREN-SP na categoria correspondente à solicitação de registro.
  • A expedição do Certificado de especialização deve obedecer às normas da Lei Federal nº 7.088/83.
  • Para o registro de especialização com Certificados de Especialização de Nível Médio emitidos por instituições estrangeiras deverão apresentar a documentação escolar como segue:

               Certificado - revalidado no Brasil por uma instituição pública de ensino ¹;

               Certificado Traduzido - tradução realizada por tradutor público juramentado (exceto para certificados expedidos em língua portuguesa);

               Histórico Escolar - acompanhado de cópia da tradução juramentada (exceto para Histórico Escolar expedido em língua portuguesa).

(1) Instituição de ensino autorizada a revalidar Certificados de Especialização de Nível Médio expedidos em outros países, clique no link abaixo para maiores informações:

Cursos de Especialização de Nível Médio:  ETEC - Centro Paula Souza